Atalhos aos Fundamentos => 1ºF 2ºF 3ºF 5ºF Final .

  TCE - Tratado Cosmológico Espacial

.17/11/2013

O 4º FUNDAMENTO  DA  TEORIA  ESPACIAL  DIZ:

“O 'Tempo' só possui existência no 'Espaço mental' e sua periodicidade é inversamente proporcional à velocidade de processamento mental do observador”

***

POSTULAÇÃO  BÁSICA - 4º F

*   O 'Tempo' é o 'Espaço' associado aos ‘referenciais’ em movimento no ‘Espaço real’ ou no ‘Espaço imaginário’ individual ou coletivo;


*   O 'Tempo' é uma ferramenta espacial imprescindível para o observador localizar, medir  ou  acompanhar  corpos em  movimento  no próprio ‘Espaço’;


*   A medida do 'Tempo' é ‘relativa’ à velocidade de processamento mental do observador;


*   O 'Tempo espacial' difere do 'Tempo horário' - o tempo dos relógios na Terra;


*   Geometricamente, o 'Tempo' pode representar  a  4ª dimensão;


*   O 'Tempo', no 'Espaço mental', propicia a transformação de 'fatos simultâneos' em 'fatos sucessivos';


*   O 'Tempo', no 'Espaço mental', permite ao observador examinar um fato de cada vez, já que tudo ocorre simultaneamente;


*   O 'Tempo' não tem existência fora do 'Espaço mental' ou 'imaginário', por isso, ele é 'relativo' a cada observador.

. *

AXIOMA  Nº 04

“ O ‘Tempo' é a medida do ‘Espaço' entre referenciais em movimento cíclico e/ou constante”

*

DISSERTAÇÃO 4º F

UM  POUCO  DO  TEMPO  ESPACIAL

Como já se pôde perceber, todas as entidades 'reais' ou 'imaginárias' no nosso Universo são derivadas de um 'conteúdo de Espaço' associado a um conjunto específico de movimentos. E, para não fugir à regra, o 'tempo' também é um derivado do 'Espaço'.

Na verdade, o 'Tempo' não existe como entidade real, pois todas as coisas acontecem ao "mesmo Tempo", ou seja, simultaneamente (Tempo = 0). Normalmente nenhum observador consegue perceber ou analisar mais de um fato de cada vez, mesmo que tenha uma privilegiada velocidade de processamento mental (raciocínio rápido).

Então, o 'Tempo' é uma "ferramenta espacial" que vem propiciar a possibilidade de separar os fatos de forma consecutiva. Assim, qualquer observador necessita de um 'tempo' (que é um 'Espaço') entre um fato e outro, e aí então, poder analisá-lo e compreendê-lo.

Através do 'Espaço mental', é possível a criação de outras dimensões temporais: os 'Multi-versos'.

Exemplos com perguntas:

- O que separa uma batida de coração da outra em seguida?

- O que separa o movimento de um pêndulo de relógio do outro seguinte?

- O que separa o dia da noite na Terra?

Resposta:

- Um 'Espaço' a que chamamos de 'Tempo'  ou  'Espaço-tempo'.

A '4ª dimensão', em verdade, pertence ao 'Espaço mental' do observador, conferindo ao 'Tempo' um status muito além de apenas 'Relativo' à posição do próprio observador ou do seu 'ponto de vista'.

O 'Tempo relativo' ilustra nossa postulação, uma vez que os referenciais relativos são 'convenientemente' importantes (apenas) para a "lógica de raciocínio" do observador.

 

* Nós somos a máquina do 'tempo', podemos ir ao passado, ao presente e ao futuro.

***

A seguir, Postulados e Axioma do 5º Fundamento... .

 

< PÁGINAS >